24 fevereiro 2011

o pio da coruja

kraft owl

coruja kraft

davor vinko


Desde tempos imemoriais,as corujas simbolizaram algumas vezes o conhecimento, a sabedoria, como quando a coruja era conhecida como a ave símbolo da deusa da sabedoria, Atena, dos gregos. Mas também a morte ou um elo de ligação com o mundo espiritual. Na maioria das culturas ocidentais, as opiniões sobre as corujas se transformam com o decorrer dos tempos. Podendo portanto servirem tanto como indicadores das condições de seu habitat como podem indicar o comportamento cultural e religioso local e de como o ser humano se relaciona com a terra.
Seu olhar sempre atento, hábitos noturnos e vocalização criaram muitas lendas para estas aves. Encontramos a figura da coruja representada nas mais variadas formas de cultura, como por exemplo entre os Cherokees norte-americanos, no folclore russo, no mexicano e até entre os aborígines da Austrália.
Entretanto, em algumas culturas, as corujas simbolizaram o mal, o demoníaco, ou uma ligação com a morte e por isso eram temidas, atacadas e mortas. Hoje, ainda temos várias lendas com as mesmas conotações, mas a coruja possui agora um grande respeito com a compreensão dos papéis que ela ocupou no desenvolvimento cultural de cada povo.
Mas, em algum lugar do tempo e da história,o seu piado é tido como prenúncio de má sorte.
Lógico que, como toda boa lenda, existe uma maneira de conter essa má sorte.
Para tanto, é necessário jogar ferro no fogo ou queimar pimentas fortes e vinagre que, com isso, a coruja queimará a língua e ficará com ela dolorida e nunca mais piará.Assim, nem você e nem ninguém ao seu redor, receberá má sorte!
Mas, se você já ouviu o pio da coruja, a única solução é tirar toda sua roupa,
virar do avesso e colocar de novo.
Não creio que essa seja uma atitude muito polida para se tomar em público...
Eis aqui a parte boa dessa lenda:
Caso queiram que seus cônjuges sejam totalmente escravos e submissos a vocês,
basta que ele coma um bom prato de coruja assada!

São bem divertidas essas informações sobre essa figurinha tão bem representada pelo Davor Vinko, dobrada a minha maneira.Podemos exercitar a nossa imaginação com elas , mas fiquem sabendo que o pio da coruja é apenas uma maneira dela dizer: Vocês estão me incomodando!

2 comentários:

Falk Brito disse...

Linda, linda, linda... Adorei. Tenha uma excelente sexta-feira. Abraços.

Norberto Kawakami disse...

Gostei dessa corujinha... bem simpática.

abraço